Matérias
Esporte

‘Clara tentativa de Golpe por membros da FAF’ afirma Rio Negro

A mesa diretora do clube afirmou que segue o seu projeto para 2-24 e que a FAF será acionada judicialmente

Escrito por
Lucas Albarado
December 06, 2023
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

A diretoria do Atlético Rio Negro se pronunciou pela primeira vez, desde o retorno de Washington Deneriaz, e afirmou que o que aconteceu é "uma clara tentativa de golpe" de membros de dentro da Federação Amazonense de Futebol (FAF).

Um processo por falta de transparência e prestação de contas foi ajuizado por Antônio Gilson Rodrigues, gestor Financeiro da FAF e Raony Barros da Silva, que em 2022 era vice-presidente da Associação Galo Carijó

Maurílio Filho, Procurador Geral Adjunto da FAF, é o advogado da ação contra o contra o Rio Negro. 

Acontece que, um valor de R$ 171 mil, foi destinado pela Federação para a Associação Galo Carijó, que administrava o futebol Rionegrino em 2022, e não ao Atlético Rio Negro. 

Nas palavras de Eduardo Bessa, membro jurídico do clube, como cobrar algo em que foi recebido por eles mesmos? 

Bessa ainda afirmou que o Rio Negro está tomando as medidas cabíveis, e que a FAF será intimada judicialmente. 

"No mínimo o gestor Financeiro deve ser colocado na rua, ou a FAF será cúmplice da tentativa de golpe. Qual o interesse de membros da Federação no Atlético Rio Negro Clube?"

A direção do Galo ainda afirmou que suas contas para 2022 já foram aprovadas pelo conselho fiscal, e que a alegação de leilão da sede do clube para liquidar dívidas, usada pelos membros do Galo Carijó, na verdade, não passa de uma informação falsa para descredibilizar a atual direção.

Vale lembrar que o Rio Negro conseguiu um acordo histórico com o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) e a sede não corre mais riscos de ser leiloada, e um ano de dividas trabalhistas já foram sanadas. 

Fica o questionamento. Por que dois servidores da FAF estariam envolvidos em uma associação de um clube ativo da Federação? 

Qual o objetivo em desestabilizar o Rio Negro em um momento de reconstrução de projeto?

Ainda sobre o cheque, o documento que destinava o montante a Associação foi assinado por Ednailson Rozenha, deputado estadual e atual presidente da FAF. 

"Acredito de coração que o presidente Rozenha não sabia dos interesses desses membros da FAF, e que tomará as medidas necessárias", disse Eduardo Bessa, advogado do clube. 

Vai ter futebol

Com toda a situação balançando o clube, surgiu a afirmação de que Álvaro Meninéa, membro afastado da diretoria do clube por inadimplência e não justificativa de ausências por 1 ano, seria o próximo presidente, o que foi negado pela agremiação. 

Com isso, também veio a falsa afirmação de que a equipe masculina de futebol, não disputaria o Barezão 2024, o que foi desmentido pela mesa diretora. 

"Fomos o primeiro clube a apresentar a comissão técnica para 2024. Como não teria futebol? Vai ter futebol! O Rio Negro veio para o Futebol. Futebol com consciência e competitivo", disse Deneriaz.

Outros membros do conselho Rionegrino afirmaram: "O Rio Negro está mais vivo do que nunca, forte! Vamos estar prontos para 2024, e vocês vão ter bastante novidade".

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas