Matérias
Segurança

Relatório da HRW alerta para crescimento da violência Policial

A organização destaca problemas na Operação Escudo e defende a necessidade de uma política nacional para redução da letalidade policial.

Escrito por
Thiago Freire
January 12, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

A organização não governamental Human Rights Watch (HRW) divulgou seu Relatório Mundial sobre Direitos Humanos de 2024, evidenciando o crescimento da violência policial no Brasil desde 2018. Com base nos dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o relatório destaca que, em 2022, mais de 6,4 mil pessoas foram mortas por policiais, sendo 80% delas negras.

O diretor da HRW no Brasil, César Muñoz, ressaltou a continuidade dessa tendência preocupante. A Operação Escudo, em São Paulo, teve 28 mortes em 40 dias, evidenciando falhas nas investigações, especialmente na qualidade das perícias, segundo a organização.

Muñoz enfatiza a falta de provas para denunciar agentes do Estado fora da lei, indicando a necessidade de uma política nacional para reduzir as mortes causadas pela polícia. A qualidade das perícias e a implementação de câmeras corporais são destacadas como prioridades nacionais.

A relação entre a letalidade policial e a corrupção é apontada pelo diretor, sublinhando que a impunidade leva a abusos de poder. Em meio à crise de segurança no Equador, a HRW defende o combate ao crime com base em investigações, alertando para possíveis abusos das Forças Armadas ao serem empregadas como força policial. 

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas