Matérias
Brasil

Influenciador Renato Cariani é alvo de operação da PF que investiga desvio de produto químico para produção de crack

A investigação aponta desvio de toneladas do produto químico para produção estimada entre 12 e 16 toneladas de crack

Escrito por
Thiago Freire
December 12, 2023
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

O influenciador digital Renato Cariani, conhecido por suas postagens na área fitness para seus mais de 7 milhões de seguidores, foi um dos alvos de uma operação da Polícia Federal realizada nesta terça-feira (12). A ação tem como foco o tráfico de drogas e o desvio de um produto químico utilizado na produção de crack.

O principal alvo da operação é a empresa Anidrol, uma indústria química localizada em Diadema, na Grande São Paulo, que tem Renato Cariani como sócio. No total, estão sendo cumpridos 18 mandados de busca e apreensão, distribuídos entre São Paulo, Minas Gerais e Paraná.

A investigação aponta que o grupo é suspeito de desviar toneladas do produto químico, destinado à produção de crack. Estima-se que, no mercado interno brasileiro, o quilo do crack seja vendido entre US$ 3 mil e US$ 5 mil.

O histórico da investigação remonta a 2022, quando uma empresa farmacêutica multinacional alertou a PF sobre notas fiscais faturadas em seu nome, com pagamento em dinheiro não declarado. A investigação identificou que o grupo emitiu e faturou notas de forma fraudulenta em nome de grandes empresas, incluindo AstraZeneca, LBS e Cloroquímica, entre 2014 e 2021.

Embora a PF tenha solicitado a prisão dos envolvidos, o Ministério Público tenha sido favorável, a Justiça negou a medida.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas