Matérias
Brasil

STF abre investigação sobre relação entre Transparência Internacional e operação Lava Jato

Diálogos da Operação Spoofing revelaram articulações para direcionar recursos provenientes de acordos de leniência.

Escrito por
Thiago Freire
February 06, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, determinou a abertura de uma investigação para apurar se a ONG Transparência Internacional recebeu parte dos valores obtidos com multas de acordos firmados no âmbito da extinta Operação Lava Jato.

Diálogos apreendidos na Operação Spoofing revelaram articulações entre integrantes da Transparência Internacional no Brasil e procuradores de Curitiba, visando direcionar parte dos recursos provenientes desses acordos.

Na decisão, Toffoli questionou a legalidade da criação de uma fundação privada para gerir recursos derivados de pagamento de multas às autoridades brasileiras, considerando-a no mínimo "duvidosa". Determinou que a Procuradoria-Geral da República (PGR) encaminhe documentos relacionados ao acordo da Lava Jato à Controladoria-Geral da União (CGU) e Tribunal de Contas da União (TCU), visando investigar eventual apropriação indevida de recursos públicos pela Transparência Internacional. A J&F Investimentos, empresa envolvida nos acordos, também foi intimada a se manifestar sobre os fatos. A decisão está sob sigilo.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas