Matérias
Mundo

Saturnália: a antiga celebração romana que perdura em Chester, Inglaterra

O evento, celebrado em homenagem ao deus Saturno, continua sendo uma parte significativa da cultura local

Escrito por
Thiago Freire
December 21, 2023
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

A cidade de Chester, no noroeste da Inglaterra, preserva uma tradição única que remonta à Roma Antiga: a Saturnália. Esta festividade, com mais de 2.000 anos de história, homenageia Saturno, o deus romano da agricultura e colheita. Chester, outrora conhecida como Deva Victrix durante o domínio romano, celebra anualmente a Saturnália, mantendo viva a conexão com seu passado.

Fundada em 79 d.C. como um forte militar romano, Chester evoluiu para um importante centro civil e comercial. As festividades da Saturnália recriam aspectos do evento ancestral, desde o antigo anfiteatro romano até as ruas da cidade. A celebração, que inclui procissões e rituais, é uma oportunidade para os habitantes de Chester se reconectarem com sua herança romana.

A Saturnália original, marcada por presentes, banquetes extravagantes e a quebra temporária das normas sociais, influenciou muitas tradições modernas associadas ao Natal. A festividade continuou evoluindo ao longo dos séculos e, em Chester, tornou-se uma fusão única entre as tradições romanas e os vibrantes desfiles medievais da cidade.

Cellan Harston, gerente de uma empresa de turismo envolvida na organização do desfile da Saturnália, destaca a importância de refletir sobre a história de Chester. A celebração moderna é uma oportunidade para "lançar o caos no mundo", proporcionando um espetáculo que representa esse conceito.

O evento oficial inclui o acendimento de tochas e a distribuição de "presentes de luzes", simbolizando a conexão entre o passado romano de Chester e seu futuro. Lisa Denson, uma política local, destaca que a Saturnália oferece uma maneira única de combinar as celebrações modernas do Natal com o reconhecimento da história romana da cidade.

Enquanto as Saturnálias modernas de Chester incorporam elementos medievais, como desfiles e procissões, a essência da festividade permanece vinculada à Roma Antiga. 

Caroline Pudney, professora de arqueologia na Universidade de Chester, observa que a celebração é uma oportunidade para a cidade "lançar o caos" de maneira controlada, proporcionando uma experiência única que preserva e honra a herança romana do local.

As palavras do imperador Domiciano, recitadas durante o desfile, reforçam a continuidade da presença romana em Chester. "Não se engane, nós romanos ainda estamos aqui", afirma o ator, ligando simbolicamente o passado ao presente durante essa celebração anual que transcende séculos.

No items found.