Matérias
Segurança

Psicólogo é preso por estuprar paciente em Humaitá

O homem é investigado, ainda, em outro caso de assédio contra paciente, ocorrido em junho de 2016

Escrito por
Letícia Misna
March 12, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria
Foto: Divulgação/PC-AM

Na última segunda-feira (11), uma ação conjunta entre a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) e a Polícia Militar de Rondônia (PM-RO) resultou na prisão de um psicólogo de 39 anos, em Porto Velho. Em 2023 ele foi condenado a 12 anos de prisão, por estuprar uma paciente no município de Humaitá (AM) em 2017, mas fugiu após a sentença.

Leia Também

“Assim que o mandado foi expedido, solicitamos o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e das polícias de Rondônia e Mato Grosso, pois o indivíduo havia conseguido fugir do município”, explicou a delegada Wagna Costa, da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Humaitá.

O CRIME

A vítima, então com 41 anos, procurou o psicólogo para tratar os traumas de uma outra violência sexual que havia sofrido, mas acabou sendo abusada em uma das sessões. Em outubro de 2017, a vítima procurou a polícia para denunciar o crime.

O homem é investigado, ainda, em outro caso de assédio contra paciente, ocorrido em junho de 2016. Agora ele ficará à disposição do Poder Judiciário.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas