Matérias
Mundo

Kim Jong-un diz não ter intenção de evitar a guerra

Ele também propôs uma emenda constitucional para modificar o status da Coreia do Sul para um Estado separado

Escrito por
Thiago Freire
January 16, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte, fez um alerta nesta terça-feira (16), informando que, apesar de seu país não buscar a guerra, não hesitará em enfrentá-la, conforme relatado pela mídia estatal KCNA.

Durante um discurso na Assembleia Popular Suprema, o Parlamento oficial da Coreia do Norte, Kim também propôs uma emenda constitucional para modificar o status da Coreia do Sul para um Estado separado, argumentando que a unificação não é mais possível.

"Nós não queremos a guerra, mas não temos intenção de evitá-la", afirmou Kim Jong-un, segundo informações da KCNA. O líder norte-coreano acusou Seul de buscar o colapso do regime e a unificação por absorção.

Além disso, a imprensa estatal divulgou que três organizações responsáveis pela unificação e pelo turismo inter-coreano serão encerradas. Esses acontecimentos aumentam as tensões na região, enquanto Kim Jong-un expressa claramente sua postura em relação à Coreia do Sul e à possibilidade de um conflito, ressaltando a necessidade de alterações significativas nas relações entre os dois países. 

No items found.