Matérias
Segurança

Julgamento de Daniel Alves tem início hoje na Espanha

Audiência decidirá sobre acusações de violência sexual em boate ocorrido em dezembro de 2022

Escrito por
Thiago Freire
May 24, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

O ex-jogador brasileiro Daniel Alves está sob julgamento na Espanha, acusado de estupro ocorrido em uma boate de Barcelona em dezembro de 2022. O procedimento ocorrerá entre 5 e 7 de fevereiro, com depoimentos do réu e de 28 testemunhas presentes na noite do suposto crime.

A primeira sessão contará com a declaração de Daniel Alves, seguido por seis testemunhas. As outras 22 testemunhas prestarão depoimento no dia seguinte. A última sessão, em 7 de fevereiro, será dedicada a trâmites periciais.

O Ministério Público espanhol busca nove anos de prisão para o jogador, enquanto a defesa da suposta vítima pleiteia uma sentença mais severa, de 12 anos. Daniel Alves permanecerá em prisão preventiva até que a juíza Isabel Delgado Pérez, responsável pelo caso, elabore a sentença. Não há prazo definido para a decisão final.

O julgamento também envolve tentativas de acordo entre a defesa de Daniel Alves e os advogados da suposta vítima. Caso um acordo seja alcançado antes do julgamento, as acusações podem ser retiradas, cancelando a audiência.

A identidade da jovem espanhola que alega ter sido estuprada pelo brasileiro foi preservada pela Justiça, e ela não deve comparecer ao julgamento. Tentativas de acordo entre as partes foram prejudicadas pela divulgação de imagens da suposta vítima pela mãe de Daniel Alves, resultando em possíveis processos adicionais.

O ex-jogador, que inicialmente negou conhecer a denunciante, mudou sua versão diversas vezes ao longo do processo. A acusação de estupro pode acarretar penas de prisão de quatro a 15 anos na Espanha. A juíza determinou que Daniel Alves pague €150 mil à suposta vítima para cobrir danos e prejuízos.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas