Matérias
Brasil

Carlos Bolsonaro é alvo de operação da PF contra espionagem ilegal da Abin

O uso indevido da Abin teria ocorrido durante o período em que o órgão era chefiado por Alexandre Ramagem

Escrito por
Thiago Freire
January 29, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

A Polícia Federal iniciou nesta segunda-feira (29) uma operação para apurar a conduta da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) durante o governo Bolsonaro. Carlos Bolsonaro, vereador do Rio de Janeiro e filho do ex-presidente, é um dos alvos da ação, que inclui autorização para busca e apreensão em sua residência e na Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

A operação ocorre após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes afirmar que o ex-diretor da Abin, Alexandre Ramagem, utilizou o órgão para realizar espionagem ilegal em benefício da família Bolsonaro. Diversas autoridades, incluindo a ex-deputada Joice Hasselmann, o ministro da Educação Camilo Santana e o ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia, teriam sido alvo dessa espionagem ilegal.

As investigações da PF apontam que a Abin teria sido "instrumentalizada" para monitorar ilegalmente diversas autoridades e pessoas envolvidas em investigações, além de desafetos do ex-presidente Jair Bolsonaro. O uso indevido da Abin teria ocorrido durante o período em que o órgão era chefiado por Alexandre Ramagem, que hoje é deputado federal pelo PL-RJ.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas