Matérias
Brasil

Brasil tem menos de 8% de cidades com leis de antenas para o 5G

Apesar do aumento de 65% se comparado a 2022, o Brasil ainda está muito longe de ter uma ampla cobertura

Escrito por
Lucas Albarado
January 28, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

O Brasil enfrenta dificuldade na expansão do 5G, a falta de legislações que permitam a ágil instalação da infraestrutura e antenas que permitam a ampliação do sinal para as cidades. 

Conforme um levantamento da Conexis Brasil Digital, que reúne empresas de telecomunicações e conectividade, menos de 8% das cidades têm lei geral de antenas (LGA) adaptadas aos 5G. Problema que afeta também quatro capitais, sendo elas - Belo Horizonte, Fortaleza, Natal e Recife. 

Em relação às cidades com mais de 500 mil habitantes, a pesquisa apontou que 12  têm leis adequadas ao 5G, e seis atualizaram a LGA, mas ainda precisam adaptar a lei para instalação. 

Cidades entre 200 a 500 mil habitantes tem uma situação pior, e 53 municípios, de um total de 101, não se adaptaram. Outras 15 atualizaram, mas precisam revisar a legislação e 33 estão com leis prontas para o 5G. 

Mesmo com os entraves, houve um avanço de 65% em relação ao ano de 2022, com um salto de 347 para 573 cidades adaptadas. No entanto, apesar de terem a cobertura 5g, 174 cidades ainda precisam adequar a legislação à tecnologia. 

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas