Matérias
Brasil

Belém completa 408 anos: história, cultura e conquistas

Conheça a trajetória da capital paraense, desde sua culinária única até a escolha como sede da COP 30

Escrito por
Thiago Freire
January 12, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

Belém, a encantadora cidade que abraça as margens dos rios, celebra neste dia 12 de janeiro seus 408 anos de existência, repletos de histórias marcantes e conquistas que a tornaram reconhecida nacionalmente. Localizada no Norte do Brasil, a capital do estado do Pará é um cenário de mangueiras e cultura pulsante.

Ao longo dos quatro séculos de sua trajetória, Belém se destacou por sua culinária irresistível, sotaque forte e rica produção musical. Atualmente, a cidade abriga uma das maiores feiras a céu aberto da América Latina e ostenta o título de Cidade Criativa da Gastronomia, concedido pela Unesco. É o lar de talentos artísticos como Joelma, Gaby Amarantos e Fafá de Belém.

A cidade paraense foi escolhida para sediar a COP 30 em 2025, tornando-se palco crucial para discussões sobre mudanças climáticas e estratégias globais de combate aos efeitos adversos do aquecimento global.

BELÉM INTERNACIONAL

A cantora paraense Gaby Amarantos também brilha nos holofotes, conquistando o Grammy Latino 2023 na categoria "Melhor Álbum de Música de Raízes em Língua Portuguesa" com o álbum "Technoshow". Seu ritmo único, misturando o tradicional brega com batidas eletrônicas, ecoa nas festas de aparelhagens na periferia de Belém.

O álbum, composto por oito faixas que totalizam mais de 27 minutos, é uma compilação de hits que marcaram o início da carreira da artista.

Belém foi escolhida como sede da COP 30 em 2025, um evento de importância global que discutirá as mudanças climáticas e estratégias para melhorar as condições do clima, com foco na redução dos gases de efeito estufa. O título de Cidade Criativa da Gastronomia, concedido pela Unesco, contribui para solidificar Belém como um polo não apenas cultural, mas também de debates essenciais para o futuro do planeta.

Além disso, o reconhecimento internacional da cidade não se limita apenas ao clima, estendendo-se à sua deliciosa produção de sorvetes, declarada patrimônio cultural de natureza material e imaterial do Pará. Uma honra anunciada no Diário Oficial do Estado, destacando a singularidade gastronômica e cultural da cidade.

Neste aniversário, Belém se enche de orgulho por sua história e olha para o futuro com a certeza de que continuará sendo protagonista em diversos cenários, representando com maestria a riqueza do Pará e encantando o Brasil e o mundo com sua diversidade e vitalidade.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas