Matérias
Mundo

Ataques dos EUA e Reino Unido no Iêmen geram reação do Hamas

O grupo condena veementemente as ações, enquanto os rebeldes anunciam baixas em decorrência dos bombardeios

Escrito por
Thiago Freire
June 16, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

O movimento Hamas divulgou uma nota nesta sexta-feira (12), por meio da rede social Telegram, expressando preocupações sobre as possíveis consequências na segurança regional devido aos recentes ataques dos Estados Unidos e do Reino Unido contra os rebeldes houthis no Iêmen.

O Hamas condenou de maneira veemente a ação, o que classificou como uma "agressão flagrante".

Os rebeldes houthis, apoiados pelo Irã, afirmaram que cinco combatentes foram mortos e seis ficaram feridos em decorrência dos bombardeios norte-americanos e britânicos. Os ataques foram uma resposta a incidentes anteriores envolvendo navios no Mar Vermelho.

Dez países, incluindo Estados Unidos, Reino Unido, Austrália e Alemanha, divulgaram uma declaração conjunta, destacando que o objetivo da operação é "reduzir as tensões e restaurar a estabilidade no Mar Vermelho".

A situação permanece tensa na região, com preocupações crescentes sobre o impacto desses eventos nas relações internacionais e na segurança do Golfo de Aden.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas