Matérias
Amazonas

Arsepam notifica 21 motoristas por transporte clandestino de pessoas em Manaus

A multa, que, neste caso, é considerada gravíssima, pode chegar ao valor de R$ 4.636,42

Escrito por
Letícia Misna
February 27, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria
Foto: Herlam Glória/Arsepam

No último domingo (25), a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam) notificou 21 motoristas por realizarem serviço de transporte rodoviário intermunicipal sem autorização.

A fiscalização ocorreu na Barreira de Fiscalização Estadual (AM-010 e BR-174), bairro Santa Etelvina, zona Norte, e na Barreira de Fiscalização Estadual da Avenida das Flores, bairro Lago Azul, zona Norte.

Dos intimados, 14 estavam dirigindo ônibus, cinco dirigiam micro-ônibus e dois conduziam carros. A multa, que, neste caso, é considerada gravíssima, pode chegar ao valor de R$ 4.636,42.

Leia Também

A ação faz parte da campanha “Transporte Clandestino Não É Opção”, que busca combater o transporte irregular e, também, conscientizar a população sobre a importância de realizar viagens em veículos intermunicipais legalizados – uma vez que os clandestinos não passam pelas vistorias necessárias para proporcionar uma viagem segura.

REGULARIZAÇÃO

O período para o recadastramento das modalidades regular (viagens entre terminais rodoviários) e semiurbano (linha Manaus-Iranduba-Manaus) vai até 31 de março, e o processo é simples: basta acessar o site www.arsepam.am.gov.br e clicar no banner "Cadastro de Veículos", onde o operador terá acesso à lista de documentos necessários.

Em seguida, o representante da empresa deve levar a documentação à sede da Arsepam, situada na avenida Álvaro Maia, bairro Adrianópolis, no Edifício Corporate Trade, 11º andar, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.

No caso de empresas novas ou que nunca se registraram na Arsepam, o prazo para efetuar o cadastro é até 29 de dezembro.

Para mais informações, os interessados devem entrar em contato com o Departamento de Transporte Rodoviário pelo número (92) 98412-3241.

No items found.