Matérias
Esporte

A superação do Tufão e os Amazonenses na Copa do Brasil

O Tufão pode ter sido a maior surpresa do Barezão, de desistente a finalista da 1ª fase

Escrito por
Lucas Albarado
May 19, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

Amazonas FC e Manauara EC estreiam na Copa do Brasil na quarta-feira, 21, e podem fazer história para o futebol amazonense. No Barezão, não deu para o Naça, e o São Raimundo que correu o risco de não participar da competição, se tornou finalista do primeiro turno. 

Leão x Onça

Nos domínios da Onça, o Leão da Vila Municipal não se criou e foi derrotado por 2×1, na semifinal do primeiro turno do Campeonato Amazonense. 

Sassá e Diego Torres marcaram pelo aurinegro enquanto Raimundinho diminuiu para o Nacional. Com o gol, Sassá chegou a cinco na competição e é o artilheiro do campeonato. 

Leia Também

Com um começo complicado no início da competição, Luizinho Vieira parece ter encontrado o caminho para seu time ser soberano e não encontrar tantas dificuldades para sair com os 3 pontos. 

A apresentadora Larissa Balieiro trouxe a informação de uma possível sondagem da Chapecoense pelo técnico do Amazonas FC. O professor não quis falar sobre as conversas com o clube catarinense.   

O Nacional ainda informou que entrou com um pedido de suspensão da partida no Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas (TJD) alegando um pênalti inexistente a favor do Amazonas FC, e que teria mudado o curso do jogo. 

Não é de hoje que reclamações contra arbitragem acontecem, e muitas lambanças já mudaram jogos inteiros. No jogo em questão, dois árbitros passaram mal e precisaram ser substituídos.  

Atendendo o pedido do Naça, a Federação Amazonense de Futebol (FAF) afstou Edmar Campos, responsável pelas polêmicas na partida entre Naça e Amazonas. Por outro lado, o TJD indeferiu o pedido de suspensão da partida. 

Apesar disso, ele estará na Copa do Brasil, na partida entre Manauara EC e Retrô, como analista de campo. 

Tufão x Touro 

Fora de casa, o São Raimundo tinha uma missão: ir a Rio Preto da Eva, no Estádio Francisco Garcia e superar o time com melhor campanha do Barezão, o Parintins FC. 

Para quem não lembra, o Tufão chegou a informar que não iria participar do campeonato por não ter condições financeiras, mas empresários locais auxiliaram e o clube precisou montar um elenco aos 45 minutos do 2º tempo, e foram assertivos na contratação de Sérgio Duarte, técnico com muita experiência e que está conseguindo extrair o melhor desse jovem elenco do Tufão. 

“Méritos dessa juventude que soube e sabe transpor as dificuldades que enfrentamos. A gente sabe o caminho árduo que teremos até o fim do campeonato. Deus colocou essa juventude em um  lugar neste campeonato  amazonense que ninguém imaginava” disse o técnico do São Raimundo. 

Com boas jogadas e dominando a partida, o Parintins FC não foi eficiente nas finalizações, e ao último apito dos 90 minutos, Tufão e Touro ficaram no 0x0, e a decisão foi para os pênaltis. 

Para a sorte da torcida Alvi-celeste, era uma das noites em que os deuses do futebol abençoam um de seus filhos e a camisa pesa, e o escolhido da noite foi o goleiro Douglas. 

Debaixo da meta, ele defendeu três cobranças seguidas dos jogadores Gabriel Henrique, Igor e Léo Itaperuna. Sendo o herói da classificação, ele recebeu o prêmio de ‘Caboco do Jogo’, dado ao melhor atleta em campo, das mãos de sua mãe, um momento mais que especial para fechar uma noite inesquecível para o arqueiro. 

Agora, a final do primeiro turno será decidida entre Tufão e Amazonas FC, na Arena da Amazônia, no domingo, 25, a partir das 18h. 

Amazonenses na Copa do Brasil 

Na quarta-feira, 21, Amazonas FC e Manauara EC estreiam na Copa Betano do Brasil, enfrentando Independente-AP e Retrô-PE, respectivamente. 

Será a primeira vez dos clubes na competição, e as expectativas são grandes, já que além de ser o torneio mais democrático, paga muito bem aos clubes que avançam.

O Robô da Amazônia joga como mandante, no estádio Carlos Zamith, às 15h30. Alan George já chegou para assumir o comando do time e o jogo da CdB será seu primeiro compromisso oficial, antes da volta para o 2º turno. 

A equipe do Retrô já possui experiência na CdB e será uma pedreira. O clube foi vice-campeão do Campeonato Pernambucano no ano passado, e não vai dar vida fácil para o time amazonense. 

É a primeira vez que que dois clubes do Amazonas estreiam juntos na competição, e a Onça está focada para a partida contra o Independente. Sassá é uma das esperanças de classificação. Experiente, ele já venceu duas CdB pelo Cruzeiro, em 2017 e 2018. 

No items found.