Matérias
Educação

Votação do relatório sobre o Novo Ensino Médio é adiada para 2024

O projeto recomenda aumento da carga horária de formação geral básica, financiamento adequado e mais

Escrito por
Thiago Freire
December 13, 2023
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

A votação do relatório sobre o Novo Ensino Médio, agendada para esta terça-feira (12), foi adiada para 2024 pela Subcomissão Temporária para Debater e Avaliar o Ensino Médio no Brasil (Ceensino) do Senado. A presidente da Ceensino, senadora Teresa Leitão (PT-PE), solicitou a prorrogação após o governo retirar a urgência do Projeto de Lei.

O documento, de autoria da senadora Professora Dorinha Seabra (União-TO), propõe aumento da carga horária de formação geral básica de 1.8 mil para 2.2 mil horas, financiamento adequado, melhoria na infraestrutura escolar e capacitação de profissionais.

NOVO ENSINO MÉDIO

Em outubro, o Governo Federal enviou ao Congresso Nacional um Projeto de Lei com diretrizes para a Política Nacional de Ensino Médio, propondo alterações no Novo Ensino Médio implementado em 2017. O texto sugere, ainda, disciplinas obrigatórias, itinerários formativos, educação à distância e contratação de profissionais não licenciados.

Agora, com a votação adiada, a discussão sobre as mudanças no Ensino Médio fica suspensa até setembro de 2024.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas