Matérias
Economia

Senado aprova indicações de Rodrigo Teixeira e Paulo Picchetti para diretorias do Banco Central

A posse poderá ocorrer no início de janeiro

Escrito por
Thiago Freire
December 13, 2023
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

No fim da tarde desta terça-feira (12), o Plenário do Senado aprovou os nomes de Rodrigo Teixeira e Paulo Picchetti para integrarem a diretoria do Banco Central (BC). Indicado para a Diretoria de Relacionamento, Cidadania e Supervisão de Conduta, Rodrigo Teixeira obteve 50 votos a favor e 3 contra. Já Paulo Picchetti, indicado para a Diretoria de Assuntos Internacionais e de Gestão de Riscos Corporativos, recebeu 53 votos favoráveis e 4 contrários.

Ambos poderão ser empossados no início de janeiro, e se isso ocorrer, participarão da primeira reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) prevista para 30 e 31 de janeiro.

Rodrigo Teixeira é funcionário de carreira do BC, graduado, mestre e doutor em economia pela Universidade de São Paulo (USP) e professor do Departamento de Economia da Pontifícia Universidade Católica (PUC). Já Paulo Picchetti, professor pesquisador da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP), tem mestrado em Economia pela USP e doutorado em Economics pela University of Illinois-System.

Além disso, o Plenário do Senado também aprovou as indicações de conselheiros para o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e diretores da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgãos responsáveis por julgar operações prejudiciais à concorrência e regular o mercado financeiro, respectivamente. Os nomes aprovados para o Cade são Diogo Thomson de Andrade, Camila Cabral Pires Alves, José Levi do Amaral e Carlos Jacques Vieira Gomes. Para a CVM, foram aprovados Marina Palma Copola de Carvalho e Daniel Maeda Bernardo.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas