Matérias
Saúde e Bem Estar

Primeiro hospital indígena será construído em Roraima, anunciou o Governo Federal

Presença de garimpeiros é apontada como uma das causas da disseminação de doenças entre os indígenas

Escrito por
Redação
April 23, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

O Governo Federal anunciou na quinta-feira (22) a construção do primeiro hospital indígena na cidade de Boa Vista, capital de Roraima, para apoiar o atendimento ao povo yanomami. A nova unidade de saúde faz parte das medidas da área de saúde para apoiar as ações emergenciais diante da crise na região, que registrou aumento nos diagnósticos de doenças em 2023.

Dados citados pelas autoridades mostram um aumento nos casos de doenças entre os indígenas na região Norte do Brasil, com destaque para a subnotificação e a necessidade de mecanismos mais eficientes para ter exatidão da desassistência no local.

Leia Também

A população no território Yanomami é de 31 mil indígenas em cerca de 380 comunidades. A presença de garimpeiros na região é apontada como uma das principais responsáveis pela disseminação de doenças entre os indígenas, segundo o secretário de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, Weibe Tapeba.

A construção do hospital em Boa Vista visa criar uma unidade de retaguarda para levar os serviços de atenção especializada, de média e de alta complexidade. Além disso, está prevista a implantação de um centro de referência em Surucucu, uma das regiões mais estratégicas do território Yanomami.

O Governo considera 2023 como marco zero para entender as notificações de saúde e mortes na região, uma vez que os dados até 2022 eram imprecisos ou inexistiam. A ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara, enfatizou que pelo menos 13 ministérios trabalharão de forma integrada para buscar soluções para a situação dos Yanomami.

Foto: Lucas Leffa/Secom/PR

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas