Matérias
Ciência e Tecnologia

Nova Ameaça Bancária Coyote: Proteja suas Transações Online!

Um recente relatório da Kaspersky revelou a existência de um novo malware bancário

Escrito por
Redação
February 11, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

Recentemente, a empresa de segurança Kaspersky identificou uma nova ameaça cibernética que tem preocupado usuários bancários no Brasil: o malware Coyote. Esse sofisticado programa malicioso foi projetado para contornar as defesas de segurança dos sistemas bancários e roubar informações confidenciais dos usuários.

De acordo com o relatório da Kaspersky, mais de 60 instituições bancárias estão na mira desse ataque, e aproximadamente 90% dos casos registrados até o momento ocorreram no Brasil. Isso indica que os criminosos por trás do Coyote estão direcionando seus esforços principalmente para os usuários brasileiros.

O Coyote é capaz de se disfarçar como um instalador comum, tornando difícil a detecção pelos sistemas de segurança. Ele visa principalmente dispositivos mais antigos, com sistemas operacionais desatualizados ou com poucas medidas de segurança implementadas.

Leia Também

Ao infectar um dispositivo, o Coyote utiliza uma variedade de técnicas para coletar informações sensíveis dos usuários enquanto eles acessam suas contas bancárias online. Isso inclui a captura de logins, senhas e outras credenciais de acesso.

O malware também é capaz de se comunicar com servidores remotos por meio de canais criptografados, enviando as informações roubadas para os criminosos por trás do ataque. Essa comunicação segura dificulta ainda mais a detecção e a interrupção do Coyote pelas autoridades de segurança cibernética.

Embora ainda não se saiba com certeza quem está por trás do Coyote, as evidências sugerem que ele foi desenvolvido com o objetivo específico de atacar usuários brasileiros. Portanto, é crucial que os usuários estejam cientes dessa ameaça e adotem medidas proativas para proteger suas informações financeiras.

Para mais informações sobre o Coyote e como se proteger contra ele, consulte o relatório completo da Kaspersky em seu site oficial.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas