Matérias
Ciência e Tecnologia

Google DeepMind anuncia descoberta de 2,2 Milhões de novos materiais com potencial tecnológico

Entre os achados, estão 528 potenciais condutores de íons de lítio, com aplicação potencial no aprimoramento de baterias recarregáveis

Escrito por
Thiago Freire
December 09, 2023
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

Na última semana, o braço de inteligência artificial do Google, o DeepMind, apresentou um avanço significativo na descoberta de materiais com a ferramenta de aprendizado profundo chamada Graph Networks for Materials Exploration (GNoME). A nova ferramenta aumentou drasticamente a velocidade e eficiência na identificação de novos materiais, inclusive prevendo a estabilidade deles.

De acordo com os cientistas, a GNoME identificou 2,2 milhões de novos cristais, sendo 380 mil materiais estáveis. Esses cristais têm potencial para serem aplicados em tecnologias emergentes, como chips de computadores, baterias para carros elétricos e painéis solares.

A estabilidade dos cristais é fundamental para o funcionamento de diversas tecnologias, pois garante a durabilidade e a qualidade dos produtos. Experimentos práticos ainda são necessários para confirmar a funcionalidade desses materiais, mas 736 das novas estruturas já estão sendo testadas no mundo real.

A equipe do Google DeepMind destaca a esperança de que esses recursos impulsionem a pesquisa na área de cristais inorgânicos e desbloqueiem o potencial das ferramentas de aprendizado de máquina como guias para experimentação.

A descoberta desses 2,2 milhões de materiais representa um avanço extraordinário, equivalente a aproximadamente 800 anos de conhecimento humano tradicional no processo convencional de descoberta de novos cristais. Entre os achados, estão 528 potenciais condutores de íons de lítio, com aplicação potencial no aprimoramento de baterias recarregáveis. Essa quantidade supera em 25 vezes o número identificado em estudos convencionais semelhantes.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas