Matérias
Saúde e Bem Estar

Estudo revela eficácia de 79% para vacina contra dengue do instituto Butantan

A aplicação, prevista para 2025, será em dose única

Escrito por
Thiago Freire
February 01, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

Um estudo científico divulgado no New England Journal of Medicine (NEJM) na quarta-feira (31) revelou que a vacina contra dengue desenvolvida pelo Instituto Butantan apresenta uma eficácia geral de 79,6% na prevenção da doença. Os resultados mostram que a vacina, prometida para 2025, será aplicada em dose única.

A pesquisa, que acompanhou mais de 16 mil indivíduos por três anos em todo o Brasil, destacou que a eficácia do imunizante foi de 89,2% em pessoas que já contraíram a doença e 73,6% naquelas que nunca tiveram contato com o vírus da dengue.

As reações colaterais mais comuns à aplicação da dose foram leves, como dor de cabeça, fadiga e erupção cutânea.

Chamada de “Butantan-DV”, a vacina também se mostrou eficaz na redução do risco de contrair dengue sintomática causada pelos sorotipos 1 e 2 da doença, com eficácia de 89,5% e 69,6%, respectivamente.

Os resultados também foram positivos em crianças com idades de 2 a 6 anos (80,1%), jovens de 7 a 17 anos (77,8%) e adultos de 18 a 59 anos (90%).

FASE 3

A vacina, produzida com os quatro tipos do vírus da dengue atenuados, está sendo desenvolvida há mais de 10 anos em parceria com o Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos.

A pesquisa, que está na fase 3, acompanha os participantes desde 2016, e a previsão é que todos completem cinco anos de acompanhamento ainda em 2024. Após o término do estudo, os dados serão analisados por uma comissão independente antes da submissão à aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas