Matérias
Saúde e Bem Estar

Entenda a situação da dengue no país e veja quem pode se vacinar pelo SUS

Ministério da Saúde, estados e municípios se unem em esforços para ações de enfrentamento da doença

Escrito por
Rhyvia Araujo
January 28, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

Diante os aumentos de casos de dengue no Brasil, o Ministério da Saúde trabalha com governos de estados e municípios com uma série de ações para o enfrentamento da doença, como a incorporação de um novo imunizante contra a doença no SUS (Sistema Único de Saúde). Além disso, agentes de vigilância sanitária fazem visitas para identificar possíveis focos do Aedes aegypti, transmissor da dengue, Zika e Chikungunya.

Segundo o Ministério da Saúde, o aumento dos casos se deve a uma combinação de fatores, como o calor excessivo e chuvas intensas. Além disso, existe o ressurgimento recentes dos sorotipos 3 e 4 do vírus no Brasil.

Neste primeiro momento, o público alvo de imunização contempla crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, faixa etária com o maior risco de agravamento da doença

A estratégia, bem semelhante com a que vimos na pandemia de Covid-19, se deve porque o laboratório tem uma quantidade restrita de doses disponíveis

Quando começa a vacinação?

O primeiro lote com cerca de 750 mil doses do imunizante chegou ao Brasil no dia 20 de janeiro de 2024. O Ministério da Saúde espera que a campanha de vacinação do grupo prioritário comece em fevereiro deste ano.

No dia 25 de janeiro, a pasta divulgou que 521 municípios vão receber doses do imunizante. Os locais foram escolhidos após a análise de critérios definidos a partir do cenário epidemiológico da doença no país.

O Ministério da Saúde espera receber 6,5 milhões de doses até o fim do ano - sendo 1,3 milhão por meio de doação pelo laboratório fornecedor e 5,2 milhões compradas pela pasta.

Para 2025, o ministério já contratou 9 milhões de doses.

Existe outra vacina no mercado?

No momento, somente a farmacêutica japonesa Takeda é responsável pela vacina. Porém, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), por meio do Instituto Bio-Manguinhos, negocia a produção de uma vacina brasileira contra a dengue com a empresa asiática.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas