Matérias
Saúde e Bem Estar

Dignidade menstrual: Amazonas começa distribuição gratuita de absorventes

A iniciativa visa beneficiar estudantes de baixa renda, pessoas em situação de rua, detentas e outros grupos vulneráveis

Escrito por
Thiago Freire
January 19, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

O Governo Federal anunciou a distribuição gratuita de absorventes em 31 mil farmácias populares em todo o Brasil. A iniciativa faz parte do Programa de Proteção e Promoção da Saúde e Dignidade Menstrual e visa beneficiar estudantes de baixa renda, pessoas em situação de rua, detentas e outros grupos vulneráveis.

No estado do Amazonas, 66 farmácias estão credenciadas para participar do programa, sendo 50 delas localizadas em Manaus e as demais distribuídas em municípios como Boca do Acre, Coari, Envira, Humaitá, Itacoatiara, Jutaí, Lábrea, Manacapuru, Manicoré, Maués, Parintins, Presidente Figueiredo, São Gabriel da Cachoeira, entre outros, conforme dados do Ministério da Saúde.

CRITÉRIOS

Para ter acesso aos absorventes, é necessário atender a alguns critérios. As beneficiárias devem estar inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) e possuir renda familiar mensal de até R$ 218 por pessoa.

Estudantes de instituições públicas de ensino também precisam estar cadastradas no CadÚnico, mas a renda familiar mensal por pessoa pode ser de até meio salário-mínimo (R$ 706). Para pessoas em situação de rua, não há limite de renda.

Quem preencher os critérios estabelecidos precisará apresentar um documento de identificação pessoal e uma autorização na farmácia credenciada. Essa autorização será emitida pelo aplicativo "Meu SUS Digital", a nova versão do Conecte SUS, já disponível para download.

Quem não tem acesso online pode procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS). Pessoas em situação de rua também podem buscar os Centros de Referência da Assistência Social (Cras) e os Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas).

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas