Matérias
Brasil

Cientistas identificam nova espécie de dinossauro no Recôncavo Baiano

Espécime batizado como Tietasaura derbyiana é a primeira espécie de ornitísquio descoberta no Brasil, revelando os primeiros ossos de dinossauros encontrados na América do Sul, segundo a Uerj.

Escrito por
Thiago Freire
April 22, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria
Foto: Divulgação/Thales Nascimento

Cientistas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) identificaram uma nova espécie de dinossauro que viveu no Recôncavo Baiano. Batizado como Tietasaura derbyiana, o espécime é a primeira espécie de ornitísquio descoberta no Brasil, revelando os primeiros ossos de dinossauros encontrados na América do Sul, segundo a instituição.

O nome Tietasaura derbyiana é uma homenagem ao romance "Tieta do Agreste", do escritor Jorge Amado, e ao geólogo e naturalista Orville A. Derby, fundador do Serviço Geológico e Mineralógico do Brasil e um dos pioneiros da paleontologia brasileira.

 

"A Tietasaura é a primeira espécie no Brasil de um dinossauro do grupo dos ornitísquios, de alimentação herbívora, caracterizados pelo focinho em forma de bico e pela estrutura da pélvis semelhante à das aves", explica Kamila Bandeira, uma das pesquisadoras do estudo da Uerj.

A descoberta da Tietasaura e de outros materiais de dinossauros na mesma pesquisa destaca a tendência da região em abrigar esses animais. Os fósseis foram coletados entre 1859 e 1906 na Bacia do Recôncavo, no leste da Bahia, e foram recentemente encontrados no Museu de História Natural de Londres. Ainda não há previsão de retorno desses fósseis para o Brasil.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas