Matérias
Meio Ambiente

Brasileiros acreditam que seus bairros não estão preparados para eventos climáticos extremos

94% dos brasileiros sentiram os impactos de eventos climáticos extremos nas últimas semanas

Escrito por
Thiago Freire
December 26, 2023
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

Uma pesquisa do Datafolha revelou que 94% dos brasileiros sentiram os impactos de eventos climáticos extremos nas últimas semanas. No entanto, 40% da população acredita que seus bairros não estão preparados para lidar com essas situações.

O estudo, realizado presencialmente com 2.004 pessoas de 16 anos ou mais em 135 municípios brasileiros no dia 5 de dezembro, abordou a percepção dos brasileiros sobre mudanças climáticas causadas por atividades humanas.

Dos entrevistados, 89% relataram calor extremo, 30% seca extrema, 50% chuva intensa ou tempestade, e 31% enchente ou alagamento como eventos climáticos recentes em suas cidades. A pesquisa também destacou que o ano de 2023 foi marcado por extremos climáticos, incluindo ondas de calor e eventos meteorológicos intensos em diferentes regiões do país.

Quando questionados sobre a preparação de seus bairros para eventos climáticos extremos, 19% consideram que estão muito preparados, 37% acham que estão um pouco preparados, enquanto 40% afirmam que não estão preparados. A seca extrema foi o evento para o qual as pessoas sentem que suas casas estão menos preparadas, enquanto enchentes ou alagamentos são percebidos como os eventos para os quais as residências estão mais preparadas.

A pesquisa também abordou características das moradias dos brasileiros, como a presença de ventiladores (85%), ar-condicionado (24%), áreas verdes na vizinhança (47%) e circulação de ar adequada (74%). Além disso, 53% dos entrevistados vivem em bairros com poucas áreas verdes, e 29% habitam casas feitas com materiais que esquentam mais os ambientes.

Outros aspectos abordados incluem a presença de alguém que precisa de cuidados especiais (20%), a convivência com muitas pessoas na mesma casa (12%), a falta de água (15%), e cortes de energia no domicílio (11%).

A pesquisa mostra que, apesar de sentir os impactos dos eventos climáticos extremos, parte significativa da população percebe a falta de preparo em seus bairros e destaca a necessidade de ações para adaptação e mitigação diante das mudanças climáticas.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas