Matérias
Saúde e Bem Estar

Austrália aprova terapia com drogas psicodélicas

Os remédios que estão sendo administrados são a base de Psilocibina e MDMA

Escrito por
Lucas Albarado
June 21, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

A Austrália se tornou o primeiro país a aprovar psicoterapia assistida por substâncias psicodélicas. Os remédios aprovados são a base de Psilocibina, que é o princípio ativo de cogumelos alucinógenos, e de MDMA, molécula do Ecstasy. 

É importante frisar que a legalização se trata de uso recreativo, mas estritamente medicinal, realizada com acompanhamento médico e de psicólogos. 

O medicamento é administrado com supervisão médica e, em alguns casos, intravenosa. Antes disso, os pacientes passam por uma sessão de terapia com um psicólogo. 

Uma das substâncias que alimentam o cérebro com sensações de prazer e felicidade é a molécula  Serotonina, que gera esse resultado ao se ligarem aos receptores 5-HT2.

Em quadros de depressão essa molécula fica escassa, não conseguindo dar uma resposta suficiente para o cérebro. 

No tratamento, os remédios à base de Psilocibina e MDMA simulam muito bem a Serotonina, fazendo a ligação necessária com os receptores 5-HT2.

Uma vez no organismo, essas substâncias conseguem neutralizar parte da “rede de modo padrão”, que é um conjunto de neurônios interconectados que ficam mais ativos em pessoas com depressão. 

Essa “rede” dispara os “pensamentos ruminantes” que fazem a pessoa trazer de volta à mente problemas do passado, de forma descontrolada. 

Aprofundar os estudos nessas substâncias pode ser uma das maneiras de avançar cada vez mais na melhora do quadro clínico dos pacientes.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas