Matérias
Saúde e Bem Estar

Anvisa proíbe e recolhe coletor menstrual POP da Fleurity

Produto era vendido a R$ 30 e não tinha registro no Ministério da Saúde

Escrito por
Thiago Freire
May 22, 2024
Leia em
X
min
Compartilhe essa matéria

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) solicitou a proibição e recolhimento de todos os coletores menstruais POP, da empresa Fleurity. A medida foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de quarta-feira (3).

Segundo a Anvisa, o produto estava sendo comercializado sem regularização, ou seja, antes de ser registrado no Ministério da Saúde. Nesta quinta (4), já não é possível comprá-lo na maioria dos pontos de venda.

O coletor, vendido a um preço médio de R$ 30, era uma versão popular dos produtos da empresa. Em sua embalagem, alegava ser "o coletor mais econômico do Brasil" e não ostentava a marca Fleurity —que tem coletores a um preço mínimo de R$ 49,90.

No items found.
Matérias relacionadas
Matérias relacionadas